segunda-feira, 22 de novembro de 2021

ALUNOS DO COLÉGIO MILITAR DE SANTA RITA FAZEM PRIMEIRA COLHEITA DO PROJETO 'ESCOLA PRODUTIVA' IMPLANTADO PELA SECRETARIA DE AGRICULTURA


A Secretaria de Agricultura em parceria com o Colégio Militar e SIS - Indústria do Conhecimento está desenvolvendo o Projeto Escola Produtiva, onde permite que alunos aprendam com aulas práticas e teóricas a cultivar Hortaliças, frutas, pimenta de cheiro, plantas medicinais, assim contribuindo para melhorar a alimentação no dia-a-dia da Escola e do aprendizado.

O Prefeito Dr Hilton Gonçalo, vem apoiando esta ação de forma direta, pois está contribuindo para o andamento deste projeto que já está transformando a mentalidade dos alunos  santarritense. "Vocês todos estão de parabéns, a gente cultivando e cuidando, consegue bons frutos" - Disse o Prefeito.

O Vice-Prefeito Berré Carvalho, que vem apoiando o projeto, salientou que "Estamos desenvolvendo mais um projeto, que já está dando seus primeiros frutos. Hoje tivemos a primeira colheita de alface e couve, no Colégio Militar, com a participação dos docentes e alunos. Foi um momento de alegria e descontração. As crianças participaram de forma ativa e ao final puderam experimentar a sensação de colher um alimento fresco, saudável, sem veneno (agrotóxico) e produzido no ambiente escolar, onde é um casamento perfeito, produção de alimentos e educação. Vamos expandir pra mais Escolas, com apóio do nosso prefeito Dr. Hilton Gonçalo" - Finalizou.  
           
Tereza Cristina, vice-diretora da escola, observou que “As crianças amaram participar do projeto, se sentiram valorizadas e se empenharam muito. O projeto vai contribuir para uma alimentação saudável dessas novas gerações”.
                                                         Segundo o Secretário Vavá Matos, o Projeto é um instrumento de ensino e aprendizagem, onde os alunos são envolvidos em todos os processos produtivos com a equipe técnica da Semag. "Já está sendo a 03 escola que implantamos o projeto, outras escolas podem solicitar o apóio" - Acrescentou.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe