segunda-feira, 24 de maio de 2021

NA COMEMORAÇÃO AO DIA DO APICULTOR, SECRETARIA DE AGRICULTURA GARANTE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA PRODUTORES DE MEL EM SANTA RITA E BACABEIRA


Com o objetivo de aumentar a produção de Mel, adotar e incorporar novas tecnologias no processo produtivo e facilitar o acesso ao crédito para produtores de mel de Santa Rita e Bacabeira, a Prefeitura de Santa Rita por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, firmou um convênio com o Instituto de Desenvolvimento Sócio Ambiental - IDS que contratou 02 Técnicos para prestar os serviços de assistência técnica e gestão para a cadeia Produtiva do Mel nos munícipios.

A Cadeia Produtiva do Mel é prioritária nesta etapa do programa “Mais Assistência Técnica” que abrange os munícipios de Bacabeira e Santa Rita. As ações previstas também têm como objetivo dinamizar a produção processamento e comercialização do mel, aquecer a economia, gerando empregos e impulsionando a renda das famílias, disse o Prefeito Dr. Hilton Gonçalo.


“A Secretaria de Agricultura vai apoiar os técnicos nesse acompanhamento junto aos produtores de mel do munícipio de Santa Rita. Vivemos um momento específico de desenvolvimento onde o mel têm sido um do carro-chefe da economia Santarritense. Queremos trabalhar com novos produtores, promovendo o acesso à tecnologia e à assistência técnica que é um dos "gargalos" de qualquer área agrícola. Vamos continuar trabalhando, focando nos produtores de mel que querem adentrar nesse Programa.


Na ocasião o Vice-prefeito, Berré Carvalho ressaltou as ações do governo municipal para fomentar a cadeia produtiva do mel. "Como uma das cadeias produtivas prioritárias do município, a cadeia do mel vem sendo trabalhada com ações direcionadas para o incentivo à produção, aquisição de equipamentos e assistência técnica, de modo a desenvolvermos o grande potencial do município no setor."


Estão sendo contratados 02 técnicos do munícipio, que vai atender 50 produtores de mel nos munícipios de Bacabeira e Santa Rita que serão acompanhados por 01 coordenador do Programa que atuará diretamente na cadeia produtiva de mel que é prioritária nestas regiões do estado. A assistência técnica será voltada pelo programa "Mais Assistência" que assistirá os produtores que já vem desenvolvendo a atividade apícola artesanal para um perfil voltado à área comercial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe