domingo, 22 de setembro de 2019

CONHEÇA OS 14 CANDIDATOS AO CONSELHO TUTELAR DE SANTA RITA

Os candidatos concorrem à 5 vagas para atuarem de 2020 à 2024, como representantes da defesa, garantia e efetivação de direitos das crianças e adolescentes de Santa Rita.


No dia 06 de outubro deste ano estará sendo realizada as eleições para a escolha dos novos membros do Conselho Tutelar de Santa Rita para o quadriênio 2020/2024.

14 candidatos estão disputando 05 vagas para Conselheiro Titular e 5 vagas para Conselheiro Suplente. Conheça os candidatos, escolha o que você acha que tem o perfil para defender os direitos da Criança e do Adolescente no município e exerça sua cidadania votando no dia 06 de outubro.

VEJA QUEM SÃO OS CANDIDATOS:


Enéas Filho, 35 anos, residente na rua Castelo Branco, Centro. Evangélico Casado, pai de dois filhos.
Metalúrgico de profissão. Atualmente exerce a função de conselheiro tutelar, na condição de primeiro suplente. Faz parte do conselho de pais da escola Sossego da Mamãe. Pretende iniciar o curso de direito.
Concorre a função de Conselheiro Tutelar pela segunda vez, com o número 01.



Jaqueline Campos, 27 anos, residente na comunidade Centrinho I, Formada em engenharia de produção, pela faculdade Pitágoras. Pós-graduada na área de gestão pelo instituto brasileiro de formação (IBF). Atualmente estuda licenciatura em letras e língua inglesa, pela Universidade Estadual do Maranhão. Trabalha com famílias de baixa renda, através do Banco do Povo.
Concorre a função de Conselheira Tutelar pela primeira vez, com o número 02



Marielma Pires Cutrim, 29 anos, residente no bairro Cinco Estrelas, casada, mãe de dois filhos.
Em processo de finalização do curso de Serviço Social.
Concorre a função de Conselheira Tutelar pela primeira vez, com o número 03




Silvia Cristina Guimarães, solteira, residente no Sítio Boa Vista. Mãe de dois filhos. 
Atuou como palestrante no programa EJA – Educação de Jovens e Adultos.
Ensino superior incompleto.
Exerceu a função de Conselheira Tutelar no ano de 2009, como suplente. Concorre ao processo de escolha, com o número 04.



Cristina Campos, 33 anos, residente no Ramal da Matinha. Formada em pedagogia e pós-graduada em psicopedagogia.
Concorre a função de Conselheira Tutelar pela primeira vez, com o número 05.



Leidiane Fernandes, 29 anos, residente na rua São Pedro, Cristã, casada, mãe de um filho. Cursando Técnico em Radiologia. Participou de trabalhos voluntários com crianças e adolescentes de baixa renda, quando moradora de Brasília. Concorre a função de Conselheira Tutelar pela primeira vez, com o número 06  



Rackel Ângela da Luz Rocha, “Rackel de Nabor” 33 anos, residente no bairro Céu Azul, evangélica, casada, mãe de três filhos. Professora em exercício, com experiência em educação infantil. Estudante de pedagogia, missionária da Igreja Assembléia de Deus. Atua em atividades de cunho social e missionário em varias comunidades do município.
Concorre a função de Conselheira Tutelar pela segunda vez, com o número 07  



Luís Carlos Costa Pinto “Carlinhos”, 34 anos, residente na Rua Saturnino de Moraes, Centro. Casado, pai de um filho.
Formado em Magistério e Técnico em Segurança do Trabalho.
Conselheiro Tutelar em atuação por dois mandatos, concorrendo à reeleição, com o número 08



Antonio Magno Reis Costa, 43 anos, residente no bairro Carema, Evangélico, casado, pai de cinco filhos.
Encarregado de obras. Ancião da Igreja Adventista do Sétimo dia, Central - Carema.
Atualmente exerce a função de Conselheiro Tutelar como suplente e concorre pela segunda vez, com o número 09.



Glauciane Muniz de Carvalho “Gal”, 35 anos, residente na comunidade Areias, mãe de três filhos. Formação pela Cruz Vermelha: Secretariado, recepcionista, Telefonista, Marketing, Técnico em Vendas.
Catequista por seis anos. Cursando pedagogia.
Jogadora de Futebol do time as Coleguinhas.  
Atualmente exerce o segundo mandato como Conselheira Tutelar. Concorre a reeleição, com o número 10.



Gilberto Constantino de Sousa “Gil”, 34 anos, residente na rua da Redenção, Centro.
Coordenador do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social e professor de adolescentes na igreja Cristã Evangélica. Concorre a função de Conselheiro Tutelar pela primeira vez, com o número 11.



Guilherme Vieira Filho, “Guilherme do Santiago” 34 anos, residente no Ramal da Matinha. Trabalhou em montagem de linha de transmissão e mecânica. Atualmente é autônomo e cursa administração. Concorre pela primeira vez a função de Conselheiro Tutelar, com o número 12



Rita de Cássia Sousa Licar, 24 anos, residente no bairro Carema. Cursa o sétimo período de contabilidade.
Atuante em projeto de cunho social com crianças e adolescentes do município.
Concorre a função de Conselheira Tutelar pela primeira vez, com o número 13.




Mauro Henrique Pacheco Gonçalves, “Mauro Padeiro”, 31 anos, residente na Comunidade Centrinho I.
Concorre a função de Conselheiro Tutelar pela primeira vez, com o número 14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe