terça-feira, 18 de junho de 2019

SANTA RITA: POLÍCIA CIVIL IDENTIFICA UM DOS AUTORES DE HOMICÍDIO NA COMUNIDADE PEDREIRAS


A equipe da polícia civil de Santa Rita, coordenada pelo delegado Edinaldo Santos, durante intensiva investigação, identificou um dos autores do atentado que vitimou Robenilson Carvalho Santos, 28 anos, além da tentativa de homicídio contra Antonio Neto Sousa Carvalho, 43 anos, fato ocorrido por volta das 22h da última sexta-feira (14), na Comunidade Pedreiras, área rural de Santa Rita. 

O depoimento de testemunhas levou ao envolvimento direto de Johh Cruz, vulgo “Maluquinho”, residente no Bairro Pedrinhas, atrás da penitenciaria. Alguns moradores ouvidos pela polícia no decorrer do interrogatório foram categóricos em afirmar que viram “Maluquinho” no veículo Gol usado durante a fuga. 


De posse dessas informações, a polícia civil realizou campana na residência do acusado, ao qual conseguiu fugir pelos fundos da casa. 

De acordo com o delegado Edinaldo Santos, O alvo dos indivíduos seria um homem identificado por Zé dos Reis, como não encontraram essa determinada pessoa, acabaram por executar Robenilson, proprietário da casa onde o sujeito acostumava se abrigar. Segundo a polícia, o local funcionava como uma espécie de QG do crime. Durante a emboscada, Antonio Neto Sousa Carvalho, 43 anos, também foi atingido, ambos eram primos e vizinhos. 

Ainda de acordo com Santos, os elementos integrantes da facção criminosa Comando Vermelho, buscavam vingar a morte de Leonardo Santos Sousa, 23 anos, crime semelhante ocorrido na mesma localidade em 12 de março deste ano. A vítima segundo a polícia era integrante da facção rival Bonde dos 40. 

“Estamos assumindo um compromisso com a sociedade de Santa Rita, sobre tudo da Comunidade Pedreiras, que iremos desvendar esse crime e assim evitar que mais pessoas venham a serem vítimas dessa briga de facões que se instalou no referido povoado, antes pacato”, concluiu. 

Santos chama atenção daqueles que tenham alguma pista que possa levar ao paradeiro de Johh Cruz, vulgo “Maluquinho, além dos demais envolvidos na trama, que entrem em contato com o Disk Denúncia (98)984596834, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe