quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

OBRAS DE FERNANDA GONÇALO QUE TRANSFORMAM VISUAL DE BACABEIRA FAZ CALVET 'PIRAR'

Davi Max


O ditado popular "Falar é fácil. Fazer é que é difícil..." pode se encaixar perfeitamente ao ex-prefeito de Bacabeira, Reinaldo Calvet que costuma passar o dia inteiro nas redes sociais criticando a gestão da prefeita Fernanda Gonçalo (Avante). As palavras sempre saíram com muita facilidade de boca de Calvet, mesmo que estejam erradas ou mesmo equivocadas. 

O ex-prefeito bacabeirense, que é conhecidíssimo pela justiça do Maranhão por várias condenações de improbidade, resolveu se ‘especializar’ em comentaristas de obras públicas em sua cidade. Isso mesmo! O ‘gestor’ inelegível que está impedido pela justiça de exercer qualquer cargo público anda dando uma de comentaristas das ações da prefeita bacabeirense. 

Calvet sempre gostou de falar. Na oposição ou no governo, o hobby preferido dele é falar. As coisas que costuma dizer chega enganar até ele mesmo. E quando notamos, Calvet está falando coisas que não faz ou fez; criticando coisas que igualmente faz ou fez; apontando o dedo para os erros alheios sem enxergar os que ele mesmo comete ou cometeu. 

A coerência entre o discurso e a prática, entre o que fala e fez é um dos maiores desafios de Calvet- e a sua credibilidade depende dessa coerência. Mas o problema de Calvet nunca foi de agir, pois agir sempre foi algo difícil. Pelo menos isso fica claro quando analisamos os oito anos de sua gestão na Prefeitura de Bacabeira. 

Nesta terça-feira (15), o comentarista de obras públicas usou mais uma vez seu Facebook para criticar a prefeita Fernanda Gonçalo que foi denunciada por ele advinha por quê? Por ter realizado uma investimento urbanístico que deu novo visual ao esquecido povoado Peri de Baixo. Isso mesmo! A prefeita foi denunciada por Calvet por realizar obras e investimentos que Calvet, Venancinho e Alan não conseguiram fazer.


O ex-prefeito quando estava no comando do município sequer conseguiu concluir a obra do estádio municipal que acabou o fazendo ser condenado pelo TCU. Mas esse não foi o único empreendimento que Calvet, conhecido hoje como 'Siri na Lata', deixou abandonado. Ou seja, se não consegui concluir algumas de suas obras, qual moral tem pra falar da gestão atual? Se não tem como ajudar, porque atrapalha? Quem não pode com o tempo, porque está sempre inventando moda? Se não sabe calar, porque fala? 

É meu povo, é bom ficar de olhos bem abertos, aos que são contras as obras que melhoram e estão melhorando a vida do povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe