terça-feira, 25 de julho de 2017

JUSTIÇA SUSPENDE DECRETO QUE AUMENTOU IMPOSTO SOBRE COMBUSTÍVEIS

A DECISÃO VALE PARA TODO O PAÍS


A Justiça Federal determinou a imediata suspensão do decreto que aumentou, semana passada, as alíquotas de PIS/Cofins que incidem sobre a gasolina, o diesel e o etanol. 

A decisão desta terça-feira (25/7) é do juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília. 

No DF, a medida provocou um reajuste de até R$ 1,05 no preço do litro da gasolina. 

Na avaliação do magistrado, o aumento não deveria ocorrer por decreto. A alíquota do PIS/Cofins para a gasolina mais que dobrou, passando dos atuais R$ 0,3816 por litro para R$ 0,7925 por litro. A estimativa de arrecadação com o aumento é de R$ 5,191 bilhões até o fim do ano. 

As medidas anunciadas pretendem ajudar o governo a reduzir um rombo de R$ 139 bilhões na meta fiscal deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe