quarta-feira, 31 de maio de 2017

JUSTIÇA DETERMINA PRISÃO DE SUSPEITOS NA MORTE DE POLICIAIS MARANHENSES

JÚLIO CÉSAR E CARLOS ALBERTO ESTAVAM DESAPARECIDO DESDE O DIA 17 DE NOVEMBRO DO ANO PASSADO, AMBOS TRABALHAVAM NO MUNICÍPIO DE BURITICUPU.


Os policiais militares acusados de assassinar o cabo Júlio César da Luz Pereira e o soldado Carlos 
Alberto Constantino Sousa foram identificados como tenente Josuel Alves de Aguiar e os soldados Tiago Viana Gonçalves e Gladstone de Sousa. 

As informações são do Blog do Luis Pablo. 

Júlio César e Carlos Alberto estavam desaparecido desde o dia 17 de novembro do ano passado, do município de Buriticupu-MA. 


A prisão dos suspeitos atendeu ao pedido da delegada Nilmar da Gama Rocha à Justiça Militar, que decretou a prisão dos acusados. A representação é da Polícia Civil, que concluiu as investigações do caso. 

O juizado de Buriticupu se fez por incompetente para o caso por ele se tratar de crime militar e deu o caso para a Justiça Militar, que decretou as prisões dos envolvidos. 

Segundo informações da família, o tenente Josuel teria apagado filmagens do posto onde estava o carro do PM desaparecido e levou para o quartel com objetivo de dificultar as investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe