quarta-feira, 15 de março de 2017

BARCELONA E GRÊMIO TROCAM ACUSAÇÕES SOBRE SUPOSTO ALICIAMENTO

O BARCELONA ENVIOU UM DOCUMENTO, FORNECIDO PELO GRÊMIO, QUE AUTORIZA UM PERÍODO DE TREINAMENTO DE MANU NAS DEPENDÊNCIAS CATALÃS ENTRE 23 DE JANEIRO E 10 DE FEVEREIRO DESTE ANO.

Barcelona e Grêmio trocaram acusações sobre um suposto aliciamento feito pelo time catalão ao menino Emanuel Ferreira, o Manu, que joga nas categorias de base do clube gaúcho.

Segundo informações do Globoesporte, o Barcelona enviou um documento, fornecido pelo Grêmio, que autoriza um período de treinamento de Manu nas dependências catalãs entre 23 de janeiro e 10 de fevereiro deste ano - época de férias escolares. 

De acordo com a publicação, o documento é assinado por Carlos Alberto Silva Nascimento, diretor geral da Escola do Grêmio, onde o menino estava havia mais de dois anos. 

Contudo, o Grêmio garante que Manu não se reapresentou no CT do Cristal, e que o jovem foi levado pelo Barcelona.

"Ele (Manu) tem relação federativa com o Grêmio, mas foi aliciado pelo Barcelona. Levaram ele para Barcelona e não voltou. O pai se demitiu aqui. O Barcelona já fez isso outras vezes e já foi punido. Ele vai ficar dois anos em uma escolinha e depois se vincula ao clube", acusou o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein. 

Segundo Hein, o pedido para que Manu fosse treinar no Barcelona partiu do tetracampeão mundial, o empresário Mazinho. 

O Barcelona nega a acusação e diz que Manu ficou nas dependências do clube apenas no período combinado. O Grêmio, agora, reúne documentos para recorrer à Fifa entre quinta e sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe