segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

LAMBEDOR DE ROMÃ, APRENDA A FAZER

Segundo o Instituto Ahau, a romã pode ajudar no tratamento de: “disenteria, eliminação de toxinas, faringites, gengivites, infecções vaginais por fungos, inflamações da garganta, laringites, pele cansada e sem brilho, sangramento de gengiva, sapinhos, verminoses, acaba com rouquidão, afecções da boca, garganta e gengivas e auxilia na prevenção de aftas. 

Podem ser utilizados diversas partes do fruto para fazer chás e xaropes. A mais popular delas é o lambedor ou xarope da romã, ele é indicado, sobretudo, para incômodos e inflamações na garganta. 

Modo de Preparo: Você deve extrair o suco de romã. Depois disso misture com mel na mesma quantidade que o sumo. Leve a mistura ao fogo e deixe ferver por uma hora. Quando estiver frio, você pode tomar uma colher de sopa de três em três horas até sentir alívio. Você também pode fazer gargarejos com o próprio suco da romã. 

Algumas outras aplicações são feitas com base em diversas partes da romã e romanzeira. Pode-se utilizar as folhas, cascas da árvore, suco do fruto e até as sementes. 

Veja alguns tipos de indicações da romã e como prepará-las.

Ferimento na pele: 

Você pode levar as folhas trituradas sobre ferimentos e erupções na pele. Assim que você perceber que as folhas já estão murchas, deve trocá-las. 

Teníase: 

Coloque água para ferver junto com as cascas da romanzeira. Depois que levantar fervura deixe mais cinco minutos, desligue o fogo e deixe esfriar com a tampa da panela fechada. Coe e tome todos os dias um copo antes de dormir. As cascas da planta possuem alcaloides que têm ação antimicrobiana contra bactérias e até o vírus da Herpes. 

Irritação nos olhos: 

Faça um chá das folhas de romã. Coloque água para ferver e, quando levantar fervura, adicione as folhas e deixe por alguns minutos. Em seguida, desligue, tampe e deixe apurar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe