quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

RENAN FICA NA PRESIDÊNCIA DO SENADO, MAS NÃO PODE SUBSTITUIR TEMER

MAIORIA DOS MINISTROS DO STF VOTOU PELA PERMANÊNCIA DO SENADOR À FRENTE DA CASA


A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal votaram pela permanência do senador Renan Calheiros na presidência do Senado durante julgamento nesta quarta-feira (7). Ele não poderá, no entanto, substituir o presidente Michel Temer interinamente. 

No total, foram seis votos favoráveis à permanência do peemedebista no cargo e três contrários. 

Na última segunda-feira (5), o ministro Marco Aurélio de Mello havia determinado afastamento de Renan da presidência da Casa. A ordem, no entanto, não foi atendida pela Mesa Diretora do Senado.

Em favor do afastamento votaram Marco Aurélio Mello, mantendo sua posição, e os ministros Edson Fachin e Rosa Weber. 

Já Dias Toffoli, Luiz Fux, Teori Zavascki, Ricardo Lewandowski e a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, se manifestaram contra o afastamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe